Home | Contato | Mapa do Site

Notícias

Tecnoplanta no Painel Florestal, vídeo e matéria completa

Viveiro no RS usa tecnologia para preservar o meio ambiente

A Tecnoplanta foi o primeiro viveiro a substituir os tradicionais tubetes de plástico por embalagens degradáveis

Tecnologia como aliada do meio ambiente. É assim que um viveiro florestal do Rio Grande do Sul está ganhando novos mercados e mudando o conceito na produção de mudas no Brasil.

A Tecnoplanta foi o primeiro viveiro do país a adotar o sistema que substitui os tradicionais tubetes de plástico por embalagens degradáveis.

A Painel Florestal viajou até lá, para conhecer de perto essa novidade e ver como é o dia-a-dia da empresa.

"Chegamos em Barra do Ribeiro, município bem próximo da capital gaúcha e fomos recebidos pelos diretores da Tecnoplanta", anuncia Robson Trevisan.

Com mais de 400 funcionários, a empresa completou, em 2011, 20 anos de operação na área florestal.

O viveiro surpreende pela grandiosidade. Afinal, com essa estrutura é possível produzir até 80 milhões de mudas por ano.

Por todos os lados, é possível ver importantes inovações, que diferenciam o viveiro Tecnolplanta de muitos outros que já conhecemos.

Aqui, por exemplo, existe um sistema de tratamento e reciclagem de água da chuva.

“Nós temos capacidade para tratar 30 litros por segundo e até agora não tivemos nenhum problema de falta de água”, garante o diretor geral da Tecnoplanta, Eudes Romano Marchetti, explicando ainda que o excedente de água tratada na ETA (Estação de Tratamento de Água) é armazenado para circulação em toda a empresa, além do sistema de irrigação.

Outra novidade que encontramos no viveiro é o transporte pneumático de mini-estacas, sistema que, de acordo com Eudes Marchetti, garante rapidez, eficiência e, consequentemente, a qualidade das mudas.

Quanto ao sistema de embalagens degradáveis, o diretor técnico da Tecnoplanta, Osmar Paulo Pereira da Rosa, explica que outra vantagem é a possibilidade de confeccionar embalagens de diferentes alturas e diâmetros. “O sistema Elepot nos permite uma flexibilização para atender as diferentes demandas da área florestal”, afirma.

Depois que as embalagens degradáveis são produzidas elas recebem os brotos e seguem para casa de vegetação. Lá, elas se preparam para seguir para o cliente.

Na próxima reportagem, vamos mostrar como as mudas com embalagens degradáveis são recebidas pelo cliente na região de Três Lagoas (MS) e conhecer mais um pouco da história de sucesso e inovação da Tecnoplanta.

Fonte: Painel Florestal

Copyright © Tecnoplanta

Av. Presidente Castelo Branco, 601 - Três Vendas - Caixa Postal 018 CEP 96.790-000 Barra do Ribeiro / RS
Fones: 51 3482 1226 | 51 3482 1253   e-mail: [email protected]